sexta-feira, 27 de maio de 2011

MOSCAS

Moscas são animais nojentos e chatos, no meio do mato chegam a picar a gente e são bastante insistentes, mas acabam dando boas macros. Em todas estas fotos abaixo eu usei apenas a 100mm, agora com o TE vou começar fa fazer alguns closes.


 Esta acima é uma mosca muito bonita, medindo menos de 0,5 cm, tem uma cor azul-esverdeada muito interessante. É a presa prefereida das aranhas "papa-moscas", tem de tomar cuidado ao fotografá-las por causa de seu brilho porque a foto pode ter pontos estourados.

 Mosca doméstica, é o terror das casas de praia e campo.


 Esta é uma mosta que enconstrei em uma mata, ela é grande, parruda e predadora, percebam que está com uma presa na boca.

 Outro tipo de mosca encontratda em matas.



A grande Mutuca, mosca que insiste em nos picar e causa muita dor, mas umas das mais interessantes de fotografar.

terça-feira, 24 de maio de 2011

LIBELULAS

Acho lindo estes insetos, elegantes e coloridos sempre resultam em belas fotos.

 Essa amarelinha foi muto arisca comigo, so consegui esta foto dela.


 O foco é importante.



 Linda esta azul, parece que está sorrindo.

 Olhos coloridos.

Adoro esta foto, esta libélula é muito pequena, mede em torno de 5cm, mas felizmente ela deixou me aproximar bem e fazer esta foto.







DICAS PARA MACRO

Um dica importante em macrofotografia é saber se aproximar do inseto, ter calma é muito importante. Sabemos que já é difícil achar um bichinho em um lugar bom, o que nos dá vontade de ir logo fazer os cliques mas como dizia a peça de teatro: "MUITA CALMA NESTA HORA", assim segue umas dicas legais para ajudar nas macros:

- Use roupas verdes ou de tons neutros, evite cores berrantes como vermelho ou amarelo, pois assustam os insetos;
- Ainda em roupas saibam que elas vão se sujar muito e devem te proteger de pernilongos, galhos, espinhos e sol, por isso calça e manga comprida é muito bem vindo;
- Nada de perfumes e repelente de insetos;
- Se ligue na previsão do tempo, chuva e frio fazem os insetos se esconderem;
- Uma coisa fundamental mas muito gente se dá mal, arrume sua mochila na noite anterior, confira a bateria e só vá dormir depois dela recarregada e na máquina, confira todo o equipamento pois acordar cedo faz muita gente esquecer coisas importantes;
- Leve sempre pilhas e cartões de memórias extras;
- Procure lugares seguros, o equipamento é caro;
- Quando for fotografar o inseto se aproxime com calma e com movimentos lentos, já vá com a máquina no rosto pois o ato de levanta-la assusta muito os insetos;
- Usando DSLR dê preferencia ao foco manual, apesar de alguns momentos o foco automático funcionar, mas lembre-se que o foco fino deve ser feito com a cabeça, se movendo para frente e para trás e disparar nos milisegundos que está em foco;
- Quanto ao foco, ele obrigatoriamente deve estar nos olhos, por isso tente fotografar o inseto paralelamente para ter ele todo focado, ou se não der focar a parte mais interessante;
- Usar luz natural é complicado, pois será obrigado a usar velocidades baixas e aberturas muitos grandes, comprometendo o foco, por isso leve sempre o flash, seja com cabo TTL ou rebatedor;
- Vento é inimigo, se tiver ventando muito  espere ele passar;
- Uma coisa que funciona é sentar perto de flores e esperar, normalmente os insetos aparecem;
- Não confie no LCD da máquina, so vai ver mesmo se está focada na tela de seu computador com 100% de tamanho, por isso faça várias e garanta a foto;

A DICA MAIS IMPORTANTE DADA POR SÉRGIO CEDRAZ:

Ao fotografar em grupo, depois de fazer a foto dê um leve peteleco no inseto para ninguém fazer uma foto igual a sua (Brincadeira rssrsrsrrsrs).

domingo, 22 de maio de 2011

Vespa na Manga


Ainda com fotos que fiz ontem, esta vespa estava se deliciando em uma manga no chão.

sábado, 21 de maio de 2011

FOTOS FRESQUINHAS

Hoje fui fazer umas fotos macro, fiquei na expectativa da chuva, pois a semana toda foi um dilúvio aqui em Salvador, mas hoje São Pedro resolveu cooperar e o sol saiu. Cheguei no local umas 6:30 e até 9:00hs não tinha feito nenhuma foto que gostasse, quando os bichinhos apareceram e saíram as fotos. Hoje usei um novo setup, além da lente 100mm usei um tubo extensor de 20mm com isso consegui excelentes resultados com fotos de quadro cheio, estas fotos estão sem ou com muito pouco crop, conseguindo portanto uma qualidade de detalhes e de impressão muito melhor.

Com a tubo de extenção consegui muitos detalhes dos insetos, reparem nos olhos desta libélula.


 A mesma libélula, em sua plenitude.

 A foto acima está cropada para vermos os detalhes desta mosca.

 Já esta tem com o mínimo crop, somente transformando em 4:3.

 Adoro essas abelhas em flor, consegui também detalhes importantes da flor.


 Estas aranhas medem no máximo 2 cm, estas margaridas de campo medem 3 cm e ficam coladinhas no chão. Vale a pena se sujar para conseguir fotos como estas.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

MINHA FOTO PREFERIDA


Bem, gosto não se discute, mas se me pedissem para escolher uma foto minha, a preferida seria esta por vários motivos, a simetria, o momento e o fundo preto deixaram ela com ar de estúdio (como faço com as modelos). A libélula está na ponta de um galho bebendo uma gota d´agua, parada como se fizesse pose para mim. Este fundo preto foi por causa da pequena abertura que usei (F16) e o flash um pouco mais para a esquerda, quase uma luz “ampla” como se diz em estúdio.


Abaixo o detalhe dela bebendo:



VESPAS

Vespas são os insetos que acho mais legais de fotografar, seja pelo medo de tomar uma ferroada ou pela forma que elas te olham, como se tivessem tentando se comunicar. Muito cuidado ao encostar nestas guerreiras, esbarrar em um ninho pode ter conseqüências bem doloridas.


Nesta eu usei uma técnica diferente de iluminação, com um cabo extensor e o flash na mão, o resultado é muito legal, porém dá mais trabalho porque fazer o foco com uma única mão segurando a máquina é mais complicado. Perceba o olhar dela de desconfiança, acho isso muito legal.




Estas foram no ninho e já com uma vespa com cores bem legais, ela estava tranqüila e mais preocupada com suas larvas do que comigo. Neste caso já usei o Ring Flash MR-14.


Percebam que as duas fotos acima já são de uma terceira vespa, com cores diferentes das anteriores e reparem como elas olham. Muito legal

segunda-feira, 16 de maio de 2011

COMPARATIVO DE LENTES MACRO CANON

Uma das perguntas mais comuns sobre macro é que lente usar, existem várias no mercado mas poucas que realmente se destacam. No caso da Canon tem três que são as principais: 100mm f2.8, 100mm f2.8 IS L, 180mm L f3.5 e a MP-E  65mm f2.8. Claro existem outras como a 60mm e 50mm macro, mas vou focar nas quatro primeiras.


A 100mm 2.8 é a lente mais usada, com um custo/benefício bastante atrativo, consegue ótima definição, tem foco rápido e um range razoável, ainda mais se a máquina tiver fator de corte. É a lente que uso e recomendo. No ML o valor dela é em torno de R$ 1.700,00.


Sua irmã mais nova é a 100mm f2.8 IS L, como o nome já diz ela vem com estabilizador de imagem e é da linha profissional L. O IS é uma vantagem relevante e podendo comprar não pense duas vezes. Na questão ótica, os reviews que tenho visto equiparam as duas em  nitidez e velocidade de foco. No ML o valor dela é em torno de R$ 2.700,00.


A 180mm f3.5 é uma lente da classe “L” da Canon, ou seja, lentes de qualidade superior, que leva uma vantagem em relação à 100mm 2.8 pelo seu range, podendo fazer fotos de quadro cheio não tão próximas aos insetos. No ML o valor dela é em torno de R$ 4.600,00.


MP-E 65mm Lente top da Canon, destinada exclusivamente para macrofotografia, é a lente de tem melhor qualidade ótica e de nitidez, porém umas das mais difíceis de usar, pois é pesada e de foco manual, aconselho usar esta depois de certa experiência com outras lentes. Lembro que usar uma lente 65mm em uma máquina fullframe deixa o range muito pequeno dificultando muito as fotos. No ML o valor dela é em torno de R$ 2.800,00.

Opções não faltam, pois ainda tem a outras marcas como a Sigma e a Nikon que depois eu faço um review sobre elas.

GUSTAVO MAZZAROLLO

Outro grande fotógrafo é o Gustavo Mazzarollo, vale a pena ler a entrevista dele no Digiforum, muito didática e interessante: http://www.digiforum.com.br/viewtopic.php?t=79297

No flicker pode ver suas fotos em http://www.flickr.com/photos/gmazza/collections/

SERGIO CEDRAZ

Todo fotógrafo tem de ter uma referencia, muitos tem Pierre Verger , Ansel Adams, Sebastião Salgado, Araquém Alcântara, etc, como merecidas referencias. Bem, em macro fotografia eu tenho a minha, um cara que considero um prodígio, pois com um equipamento feito por ele mesmo consegue um resultado fantástico, ele é o Sérgio Cedraz, um fotógrafo de Camaçari - Ba, que com sua compacta faz fotos maravilhosas. Tenho tido o privilégio de fazer umas saídas com ele e aprendido muito. Vale à pena passar algum tempo vendo suas fotos em seu site. www.sergiocedraz.com.br

  Esta foto ficou em 1° lugar no concurso Mata Atlântica 2010.

domingo, 15 de maio de 2011

ABELHAS

Fotos de abelhas é lagal de fazer, fique tranquilo elas não vão te atacar rsrsrs. O complicado é que elas não ficam paradas, se mexem o tempo todo e fazer o foco com DOF pequeno é complicado. Nestas fotos eu usei a 100mm 2.8 + MR-14 o que facilita MUITO o trabalho,  pois consigo usar aberturas pequenas como F11 e F16.


Outra dificuldade em fotografar abelhas é que elas sempre estão com a cara dentro da flor, por isso tem de ficar atento e uma lente com foco rápido leva uma vantagem. Esta foto acima foi feita em Arembepe-BA, a flor estava à 5 cm do chão por isso fui obrigado a deitar na terra para conseguir as fotos. 



Já estas eu fiz aqui em casa mesmo, no jardim do prédio. Tinha uma palmeira florindo e cheia de abelhas, com ajuda de um banquinho consegui fazer estas fotos.

sábado, 14 de maio de 2011

MEU EQUIPAMENTO - PARTE 1

Testei vários modelos de setup para consegui fazer macro, inicialmente usei a lente invertida com um anel inversor. Este modelo é de baixo custo mas de dificultade extrema para bons resultados, pois a profundidade de campo fica MUITO restrita, a menor brisa ou movimento do inseto e fotógrafo invalida a foto, lembro que o foco neste tipo de fotografia tem de ser certeiro nos olhos no inseto.

Quem consegue fortografar com lente invertida se dá bem com qualquer equipamento melhor, se quer conhecer um pouco mais veja os links abaixo, mas aviso, muita gente desiste de foto macro por causa da dificuldade deste modelo.

http://forum.imasters.com.br/topic/226597-lente-invertida/
http://kidneri.wordpress.com/2008/11/12/macro-fotografia-usando-lente-invertida/
http://www.dpchallenge.com/tutorial.php?TUTORIAL_ID=81

Pequenas aranhas

Algumas fotos de aranhas, essas são as "papas-moscas", são pequenas e deixam fotografar, basta chegar devagar e o legal é que algumas ainda fazem pose na esperança de você ficar com medo dela e ir embora.

Esta foto foi umas das primeiras que fiz, neste caso usei uma lente 50mm invertina na frente da 18-55mm com um anel de inversão. Pode-se ver a dificuldade por causa da pouca profundidade de campo, ainda mais porque usava a abertura de F 1.4, e depois de umas 20 tentavivas consegui esta.

 Nesta consegui flagrar a minúscula aranha com sua presa, ela da um salto e agarra a mosca com uma chance de erro bem pequena. Neste caso já usei a 100mm 2.8 com o ringflash MR-14.


Como já disse, ela algumas vezes "se arma"para você, levantando as patinhas dianteiras, o que deixa a foto bem legal.